Níveis pressóricos de pacientes em acompanhamento pelo Programa Hiperdia

Eduardo Tavares Gomes, Simone Maria Muniz da Silva Bezerra

Resumo


Introdução: O Programa Hiperdia é uma ação importante para a prevenção das doenças crônicas não-transmissíveis no Brasil, particularmente no controle da hipertensão arterial e diabetes. Objetivo: Comparar os níveis pressóricos de pacientes hipertensos em acompanhamento pelo Programa Hiperdia da Estratégia de Saúde da Família do munícipio de Recife-PE, em relação a uma amostra da população local sem acompanhamento. Métodos: Estudo transversal, analítico, de abordagem quantitativa, realizado com um grupo de 135 pacientes hipertensos do Programa Hiperdia e 196 pacientes sem vínculo com uma unidade de saúde ou sem diagnóstico prévio de hipertensão arterial como grupo controle. Resultados: Os pacientes do programa Hiperdia apresentaram-se como controlados (73,3%) e com médias de pressão arterial diastólica e sistólica menor que o grupo controle (p<0,001 e p=0,011, respectivamente). Conclusão: Os resultados ressaltam a importância do programa e a necessidade de estratégias para melhorar o diagnóstico na população em geral.


Palavras-chave


estratégia saúde da família; hipertensão; saúde pública; equipe de enfermagem

Texto completo:

PDF

Referências


Rosini N, Machado MJ, Xavier HT. Estudo da prevalência e multiplicidade de fatores de risco cardiovascular em hipertensos do município de Brusque, SC. Arq Bras Cardiol. 2006;86(3):219-22.http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2006000300010

Rissardo LK, Barreto MS, Oliveira AP, Marcon SS, Carreira L. Influence of hypertension and treatment in the quality of life of elderly. J Nurs UFPE on line. 2012; 6(12):2918-26. http://dx.doi.org/10.5205/reuol.2265-25464-1-LE.0612201207

Carvalho MV, Siqueira LB, Sousa ALL, Jardim PCBV. The Influence of hypertension on quality of life. Arq Bras Cardiol. 2013;100(2):164-74. http://dx.doi.org/10.5935/abc.20130030

Benjamin EJ, Blaha MJ, Chiuve SE, Cushman M, Das, SR, Deo R, et al. Heart Disease and Stroke Statistics-2017 update a report from the American Heart Association. Circulation. 2017;135:e1-459.http://dx.doi.org/10.1161/CIR.0000000000000485

Malachias MVB, Souza WKSB, Plavnik FL, Rodrigues CIS, Brandão AA, Neves MFT, et al. 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão. Arq Bras Cardiol. 2016;107(3supl.3):1-83.

Cavalcanti FCR, Gomes ET, Veiga EV, Bezerra SMMS. Profile of health and quality of life assesment of hypertensive patients by the specific instrument minichal-Brazil. J Nurs UFPE. 2013;7(12):6732-40. http://dx.doi.org/10.5205/reuol.2950-23586-1-ED.0712201302

Lunelli RP, Portal VL, Esmério FG, Moraes MA, Souza EN. Adesão medicamentosa e não medicamentosa de pacientes com doença arterial coronariana. Acta Paul Enferm. 2009;22(4):367-73.http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000400003

Brito DMS, Araujo TL, Galvão MTG, Moreira TMM, Lopes MVO. Qualidade de e percepção da doença entre portadores de hipertensão arterial. Cad Saúde Pública. 2008;24(4):933-40. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000400025

Brasil. Ministério da Saúde. Plano de reorganização da atenção à hipertensão arterial e ao diabetes mellitus. Manual de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Brasília: Ministério da Saúde; 2002.

Gomes TJO, Silva MVR, Santos AA. Controle da pressão arterial em pacientes atendidos pelo programa Hiperdia em uma Unidade de Saúde da Família. Rev Bras Hipertens. 2010;17(3):132-9.

Silveira J, Scherer F, Deitos A, Dal Bosco SM. Fatores associados à hipertensão arterial sistêmica e ao estado nutricional de hipertensos inscritos no programa Hiperdia. Cad Saúde Coletiva. 2013;21(2):129-34.http://dx.doi.org/10.1590/S1414-462X2013000200005

Silva VR, Cade NV, Molina MCB. Risco coronariano e fatores associados em hipertensos de uma unidade de saúde da família. Rev Enferm UERJ. 2012;20(4):439-44. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000200016

Carvalho ALM, Leopoldino RWD, Silva JEG, Cunha CM. Adesão ao tratamento medicamentoso em usuários cadastrados no Programa Hiperdia no município de Teresina (PI). Ciênc Saúde Coletiva. 2012;17(7):1885-92. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000700028

Moreira TMM, Gomes EB, Santos JC. Fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens com hipertensão arterial e/ou diabetes mellitus. Rev Gaúcha Enferm. 2010;31(4):662-9. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472010000400008

Lima LM, Schwartz E, Muniz RM, Zillmer JGV, Ludtke I. Perfil dos usuários do Hiperdia de três unidades básicas de saúde do sul do Brasil. Rev Gaúcha Enferm. 2011;32(2):323-9. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000200016

Carvalho Filha FSS, Nogueira LT, Viana LMM. Hiperdia: adesão e percepção de usuários acompanhados pela estratégia saúde da família. Rev Rene. 2011;12(n. esp.):930-6.

Tavares RS, Silva DMGV. A implicação do apoio social no viver de pessoas com hipertensão arterial. Rev Gaúcha Enferm. 2013;34(3):14-21. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472013000300002

Ribeiro AG, Ribeiro SMR, Dias CMGC, Ribeiro AQ, Castro FAF, Suárez-Varela MM, et al. Non-pharmacological treatment of hypertension in primary health care: a comparative clinical trial of two education strategies in health and nutrition. BMC Public Health. 2011;11:637. http://dx.doi.org/10.1186/1471-2458-11-637

Menezes Júnior JE, Queiroz JC, Fernandes SCA, Oliveira LC, Coelho SQF. Educação em saúde como estratégia para melhoria da qualidade de vida dos usuários hipertensos. Rev Rene. 2011;12(n.esp.):1045-51.

Goldman D, Smith JP. The increasing value of education to healt. Soc Sci Med. 2011;72(10):1728-37. http://dx.doi.org/10.1016/j.socscimed.2011.02.047

Lee JK. Evaluation of a medication self-management education program for elders with hypertension living in the community. J Korean Acad Nurs. 2013;43(2):267-75. http://dx.doi.org/10.4040/jkan.2013.43.2.267

Fung CSC, Wong WCW, Wong CKH, Lee A, Lam CLK. Home blood pressure monitoring- a trial on the effect of a structured education program. Aust Fam Physician. 2013;42(4):233-7.

Samal D, Greisenegger S, Auff E, Lang W, Lalouschek W. The relation between knowledge about hypertension and education in hospitalized patients with stroke in Vienna. Stroke. 2007;38(4):1304-8.http://dx.doi.org/10.1161/01.STR.0000259733.43470.27

Attaei MW, Khatib R, McKee M, Lear S, Dagenais G, Igumbor EU, et al. Availability and affordability of blood pressure-lowering medicines and the effect on blood pressure control in high-income, middle-income, and low-income countries: an analysis of the PURE study data. Lancet Public Health. 2017;2(9):e411-19. http://dx.doi.org/10.1016/S2468-2667(17)30141-X




DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v43i2.1076

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Eduardo Tavares Gomes, Simone Maria Muniz da Silva Bezerra

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.