Percepções de docentes e discentes sobre uso educativo de mídias sociais

Arquimedes Pessoni, Marco Akerman

Resumo


Introdução: O uso das redes sociais digitais vem sendo um importante aliado nas atividades de ensino e aprendizagem. Objetivo: A pesquisa avaliou a percepção dos alunos e professores sobre o uso dessas novas ferramentas em ambiente educacional. Métodos: Foram distribuídos dois tipos de questionários online a alunos e professores de cursos de Saúde de duas instituições de ensino superior do ABC Paulista, respondidos por 55 alunos e 19 professores. Com base nesses dados, identificamos afirmações qualitativas para avaliar percepções dos dois grupos sobre o uso de redes sociais digitais em ambiente educacional. Resultados: Observou‑se que os alunos estão mais familiarizados com as ferramentas digitais e que parte dos docentes as conhece, mas não as utilizam. O Youtube e o Facebook foram as mídias mais referenciadas e usadas por ambos os públicos. Os alunos apontaram formas de utilização extraclasse para as ferramentas digitais. Conclusão: Mídias sociais podem ser utilizadas como ferramentas educativas, mas os professores precisam ser sensibilizados e capacitados para o uso; alunos podem encontrar opções de compartilhamento e produção de conhecimento coletivo no ambiente virtual de educação em saúde.


Palavras-chave


educação; comunicação; rede social; apoio social; metodologia.

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Presidência da República. Secretaria de Comunicação Social. Pesquisa brasileira de mídia 2015: hábitos de consumo de mídia pela população brasileira. Brasília: Secom, 2014.

Recuero R. Redes sociais na Internet. Porto Alegre. Editora Sulina, 2009.

Mondini LC, Domingues MJCS, Correia RB, Mondini VED. Redes sociais digitais: uma análise de utilização pelas instituições de ensino superior do sistema ACAFE de Santa Catarina. Rev Eletrôn Ciênc Adm. 2012;11(1):48‑60. http://dx.doi.org/10.5329/RECADM.20121101003

Shah V, Subramanian S, Rouis S, Limayem M. A Study on the impact of Facebook usage on student’s social capital and academic

performance. AMCIS. 2012;27.

Magro M, Ryan K, Ryan S, Sharp J. Facebook’s use in higher education. AMCIS. 2012;10.

Hew KF. Student’s and teachers’ use of Facebook. Comput Human Behav. 2011;27(2):662‑76. http://dx.doi.org/10.1016/j.chb.2010.11.020

Choi A. Use of Facebook group feature to promote student collaboration. American Society for Engineering Education. ASEE Southeast Section Conference, 2013.

Barczyk CC, Duncan DG. Facebook in higher education courses: An Analysis of Students’ Attitudes, Community of Practice, and Classroom Community. Int Bus Manage. 2013;6(1):1‑11. http://dx.doi.org/10.3968%2Fj.ibm.1923842820130601.1165

Chatterjee S. Facebook as a tool in higher education and the gender issue: a survey among students in Bankura. Bhatter Coll J Multidiscip Stud. 2012;2:89‑94.

Roblyer MD, McDaniel M, Webb M, Herman J, Witty JV. Findings on Facebook in higher education: A comparision of college faculty and students uses and perceptions of social networking sites. Internet High Educ. 2010;13(3):134‑40. http://dx.doi.org/10.1016/j.iheduc.2010.03.002

Bicen H, Uzunboylu H. The Use of Social Networking Sites in Education: a case study of Facebook. J Univers Comput Sci. 2013;19(5):658‑71. http://dx.doi.org/10.3217/jucs‑019‑05‑0658

Araújo EC, Batista SH, Gerab IF. A produção científica sobre docência em saúde: um estudo em periódicos nacionais. Rev Bras Educ Méd. 2011;35(4):486‑92.

Mazer JP, Murphy RE, Simonds CJ. The effects of teacher self‑disclosure via Facebook on teacher credibility. Learn Media Technol. 2009;34(2):175‑83. http://dx.doi.org/10.1080/17439880902923655




DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v40i3.792

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Arquimedes Pessoni, Marco Akerman

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.