Dupla variação anatômica vascular em um único indivíduo: estudo morfométrico

Cristiane Regina Ruiz, Sergio Ricardo Rios Nascimento, Alex Kors Vidsiunas, Lilian Andrades, Cristiano Cirqueira de Souza

Resumo


Introdução: Variações anatômicas são pequenas diferenças morfológicas congênitas que aparecem nos diferentes sistemas orgânicos, as quais não acarretam prejuízo ou distúrbio funcional para o indivíduo. No que diz respeito aos vasos sanguíneos, alterações no desenvolvimento embriológico podem gerar duplicidade de vasos, agenesia ou ocasionar o surgimento de artérias e o desembocar de veias fora da descrição anatômica padrão. Relato de caso: Foi observada dupla variação anatômica vascular em um indivíduo durante uma dissecação de rotina no Laboratório de Anatomia do Centro Universitário São Camilo. A artéria renal principal tinha origem na parte abdominal da artéria aorta seguindo até sua entrada no hilo renal, porém, em vez de um trajeto retilíneo a partir da aorta, a mesma possuía um trajeto descendente e bem angulado. A partir da artéria renal principal surgia uma artéria polar aberrante que entrava no polo inferior do rim direito. Em um nível mais inferior, na altura da bifurcação da aorta, originava-se outra artéria polar aberrante que entrava no hilo renal, seguindo um trajeto retilíneo até o polo inferior do rim direito. A artéria hepática comum originava-se no tronco celíaco seguindo até sua entrada na porta do fígado. A artéria mesentérica superior possuía origem no tronco celíaco. A artéria hepática direita originava-se na artéria mesentérica superior. Conclusão: O estudo das variações anatômicas constitui-se tarefa árdua em virtude das inúmeras expressões diferentes que ocorrem no corpo humano, porém, o conhecimento dessas variações é de extrema valia para a clínica e o planejamento cirúrgico, garantindo a precisão e evitando complicações pós-cirúrgicas ou diagnósticos errôneos.


Palavras-chave


variação anatômica; morfologia; vasos sanguíneos; abdome

Texto completo:

PDF

Referências


Standring S. Gray’s anatomy: the anatomical basis of clinical practice. 41th ed. New York: Elsevier; 2015.

Tubbs RS, Shoja MM, Loukas M. Bergman’s comprehensive Encyclopedia of human anatomic variation. Wiley-Blackwell; 2016.

Ozkan U, Oğuzkurt L, Tercan F, Kizilkiliç O, Koç Z, Koca N. Renal artery origins and variations: angiographic evaluation of 855 consecutive patients. Diagn Interv Radiol. 2006;12(4):183-6.

Patasi B, Boozary A. A case report: accessory right renal artery. Int J Anatom Var. 2009;2:119-21.

Budhiraja V, Rastogi R, Asthana AK. Renal artery variations: embryological basis and surgical correlation. Rom J Morphol Embryol. 2010;51(3):533-6.

Budhiraja V, Rastogi R, Asthana AK. Variant origin of superior polar artery and unusual hilar branching pattern of renal artery with clinical correlation. Folia Morphol (Warsz). 2011;70(1):24-8.

Rao TR. Aberrant renal arteries and its clinical significance: a case report. Int J Anatom Var. 2011;4:37-9.

Budhiraja V, Rastogi R, Jain V, Bankwar V. Anatomical variations of renal artery and its clinical correlations: a cadaveric study from central India. J Morphol Sci. 2013;30(4):228-33.

Thakuria S, Roy RD, Baruah PD, Das TK. Multiple renal arteries: a case report. Int J Anatom Var. 2013;6:155-7.

Hiatt JR, Gabbay J, Busuttil RW. Surgical anatomy of the hepatic arteries in 1000 cases. Ann Surg. 1994;220(1):50-2.

López-Andújar R, Moya A, Montalvá E, Berenguer M, De Juan M, San Juan F, et al. Lessons learned from anatomic variants of the hepatic artery in 1,081 transplanted livers. Liver Transpl. 2007;13(10):1401-4. http://dx.doi.org/10.1002/lt.21254

Ugurel MS, Battal B, Bozlar U, Nural MS, Tasar M, Ors F, et al. Anatomical variations of hepatic arterial system, coeliac trunk and renal arteries: an analysis with multidetector CT angiography. Br J Radiol. 2010;83(992):661-7. http://dx.doi.org/10.1259/bjr/21236482

Araujo Neto AS, Franca HA, Mello Jr CF, Silva Neto EJ, Negromonte GRP, Duarte CMA, et al. Anatomical variations of the celiac trunk and hepatic arterial system: an analysis using multidetector computed tomography angiography. Radiol Bras. 2015;48(6):358-62. http://dx.doi.org/10.1590/0100-3984.2014.0100

Michels NA. Newer anatomy of the liver and its variant blood supply and collateral circulation. Am J Surg. 1966;112(3):337-47.http://dx.doi.org/10.1016/0002-9610(66)90201-7

Sebben GA, Rocha SL, Sebben MA, Parussolo Filho PR, Gonçalves BH. Variações da artéria hepática: estudo anatômico em cadáveres. Rev Col Bras Cir. 2013;40(3):221-6. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912013000300010




DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v42i3.919

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Cristiane Regina Ruiz, Sergio Ricardo Rios Nascimento, Alex Kors Vidsiunas, Lilian Andrades, Cristiano Cirqueira de Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.