Estresse ocupacional e cultura de segurança: tendências para contribuição e construção do conhecimento em enfermagem

Oclaris Lopes Munhoz, Rafaela Andolhe, Maria Denise Schimith, Gabriela Oliveira, Polyana De Lima Ribeiro, Thayná Champe da Silva, Luiza Cremonese

Resumo


O estresse é considerado um dos fatores que mais atinge os profissionais de enfermagem, podendo repercutir na cultura de segurança e desfavorecer a assistência prestada. O objetivo do presente estudo foi identificar e caracterizar as tendências das teses e dissertações em enfermagem produzidas no Brasil, acerca da temática do estresse ocupacional da equipe de enfermagem associado à cultura de segurança. Trata-se de um estudo de revisão narrativa. A busca foi realizada no portal de teses e dissertações da CAPES, no mês de maio de 2017, sem recorte temporal. Houve predominância de dissertações, com abordagem quantitativa, no ano de 2015, na região sul. A fragilidade da cultura de segurança foi identificada nos estudos voltados à segurança do paciente. Os resultados apontaram, ainda, fragilidades nas ações desenvolvidas e a necessidade de implantar estratégias que colaborassem para uma melhor assistência em saúde. Ainda, o estresse ocupacional foi reconhecido, por parte dos profissionais como influência negativa no trabalho. Desvendou-se, também, como uma tendência das produções, a predominância de estudos de cultura de segurança em unidades hospitalares fechadas.


Palavras-chave


estresse ocupacional; cultura organizacional; segurança do paciente

Texto completo:

PDF

Referências


Institute of Medicine (US) Committee on Quality of Health Care in America; Kohn LT, Corrigan JM, Donaldson MS. To err is human: building a heath system. Washington (DC): National Academies Press (US); 2000.

Carvalho REFL, Cassiani SHB. Questionário de Atitudes de Segurança: adaptação transcultural do Safety Attitudes Questionnaire – Short Form, 2006 para o Brasil. Rev Latino-Am Enfermagem. 2012;20(3):575-82.http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000300020

Karasek RA. Job demands, job decision latitude, and mental strain: implications for job redesign. Adm. Sci. Q. 1979;24:285-308.

Andrade RVS, Costa ORS. Estresse ocupacional em profissionais de saúde: um estudo com a equipe de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva – UTI de um Hospital Escola em Minas Gerais. Rev Ciênc Saúde. 2014;4(4):1-11. http://dx.doi.org/10.21876/rcsfmit.v4i4.261

Silva EFL, Moura MLC. Estresse nas relações enfermeiro/paciente: revisão integrativa. Rev Enferm UFPE. 2014;8(7):2140-8. http://dx.doi.org/10.5205/reuol.5963-51246-1-RV.0807201440

Matiello RDC, Lima EFA, Coelho MCR, Oliveira ERA, Leite FMC, Primo CC. A cultura de segurança do paciente na perspectiva do enfermeiro. Cogitare Enferm. 2016;21(esp):1-9. http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i5.45408

Rother ET. Revisão sistemática x revisão narrativa. Acta Paul. Enferm. 2007; 20(2):v-vi. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002007000200001

Carrera AS, Aguiar BG. Cultura de segurança do paciente: a percepção do enfermeiro em um hospital oncológico. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: 2013.

Cauduro FLF. Avaliação da cultura de segurança em unidades cirúrgicas. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Curitiba: 2013.

Costa DB. Cultura de segurança do paciente em serviços de enfermagem hospitalar. Dissertação (Mestrado) - Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto: 2014.

Câmara JJC. Cultura de segurança do paciente na ótica da enfermagem em uma unidade de transplante renal. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Maranhão. São Luís: 2016.

Fernandes LGG. Clima e cultura de segurança do paciente em uma maternidade escola: percepção dos profissionais de enfermagem em terapia intensiva. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal: 2014.

Matiello RDC. A cultura de segurança do paciente na perspectiva do enfermeiro. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória: 2015.

Gomides M. Análise da cultura da segurança entre os profissionais da unidade de terapia intensiva adulto de uma instituição de ensino. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Goiás. Catalão: 2016.

Macedo M. Cultura de segurança do paciente em unidades de emergência pediátrica: perspectiva da equipe de enfermagem. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2015.

Misiak M. Cultura de segurança do paciente na perspectiva da equipe de enfermagem de uma instituição cardiovascular. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2013.

Gasperi P. O cuidar de si como uma dimensão da cultura de segurança do paciente. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2013.

Fermo VC. Cultura de segurança do paciente em unidade catarinense de transplante de medula óssea. Cultura de segurança do paciente em unidade catarinense de transplante de medula óssea. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2014.

Ilha P. A cultura de segurança do paciente na ótica dos acadêmicos de enfermagem. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2014.

Luiz RB. A cultura de segurança do paciente em um hospital de ensino de Minas Gerais. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba: 2013.

Batista ACO. Cultura de segurança do paciente na perspectiva de profissionais da enfermagem obstétrica e neonatal. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2015.

Tobias GC. Análise da cultura de segurança em um hospital de ensino da região centro-oeste do Brasil. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Goiás. Goiânia: 2013.

Tomazoni A. Cultura de segurança do paciente em unidades de terapia intensiva neonatal. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2013.

Baratto MAM. Cultura de segurança do paciente: percepções e atitudes dos trabalhadores nas instituições hospitalares de Santa Maria. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria: 2015.

Minuzzi AP. Cultura de segurança do paciente: avaliação dos profissionais de saúde de uma unidade de terapia intensiva. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: 2014.

Nauderer TM. Clima de segurança entre trabalhadores de enfermagem em unidades de internação adulto. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande: 2015.

Souza AB. Cultura de segurança: avaliação das atitudes de segurança da equipe de enfermagem de um hospital geral de grande porte de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. São Leopoldo: 2016.

Fassarella CS. Avaliação da cultura de segurança do paciente em ambiente hospitalar: estudo comparativo em Hospital Universitário e público do Rio de Janeiro e do Porto. Tese (Doutorado) – Universidade do Porto. Porto: 2016.

Ducci AJ. Segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva: fatores dos pacientes, estresse, satisfação profissional e cultura de segurança na ocorrência de eventos adversos. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo. São Paulo: 2015.

Carvalho PA. Avaliação da cultura de segurança entre profissionais do centro cirúrgico de um hospital de porte especial: elementos para a melhoria da qualidade do cuidado aos idosos submetidos a procedimentos cirúrgicos. Dissertação (Mestrado) - Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde. Brasília: 2014.

Serrano ACFF. Percepção da equipe multiprofissional sobre segurança do paciente: análise sistêmica dos riscos na assistência que podem gerar eventos adversos não infecciosos. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Diamantina: 2015.

Mikael SSE. Percepção do clima de segurança do paciente em instituições hospitalares. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Ribeirão preto: 2016.

Rigobello MCG. Avaliação do clima de segurança do paciente em Unidade de Emergência de um hospital universitário do interior de São Paulo. Dissertação (Mestrado) - Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto: 2015.

Tondo JCA. Clima de segurança: percepção dos profissionais de enfermagem em um hospital de ensino. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem. Campinas: 2015.

Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil. Plataforma Lattes/CNPq. Disponível em: http://lattes.cnpq.br/web/dgp. Acesso em: 15 maio 2017.

Turato ER. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Rev Saúde Pública. 2005;39(3):507-14. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000300025

Novaretti MCZ, Santos EV, Quitério LM, Daud-Gallotti RM. Sobrecarga de trabalho da Enfermagem e incidentes e eventos adversos em pacientes internados em UTI. Rev Bras Enferm. 2014;67(5):692-9. http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167.2014670504

Correggio TC, Amante LN, Barbosa SFF. Avaliação da cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico. Rev SOBECC. 2014;19(2):67-73. http://dx.doi.org/10.4322/sobecc.2014.012

Rigobello MCG, Carvalho REFL, Cassiani SHB, Galon T, Capucho HC, Deus NN. Clima de segurança do paciente: percepção dos profissionais de enfermagem. Acta Paul Enferm. 2012;25(5):728-35.http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000500013

Almeida AMO, Lima AKG, Vasconcelos MGF, Soares Lima AC, Oliveira GYM. Estresse ocupacional em enfermeiros que atuam em cuidados ao paciente crítico. Rev Enferm UFPE. 2016:10(5):1663-71.http://10.5205/reuol.9003-78704-1-SM.1005201612




DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v43i2.991

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Oclaris Lopes Lopes Munhoz, Rafaela Andolhe, Maria Denise Schimith, Gabriela Oliveira, Polyana De Lima Ribeiro, Thayná Champe Da Silva, Luiza Cremonese

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.